Quais roupas de bebê comprar para os primeiros meses?

Quando se é mãe de primeira viagem, decidir quais roupas de bebê comprar para a chegada de um filho não é algo tão simples quanto se imagina.

Em cada loja que entramos vemos muitos modelos, estampas e cores diferentes para escolher. Quando a compra é feita pela internet então, nem se fala!

Portanto, nessas horas é essencial manter a calma e saber exatamente o que precisa ser adquirido para o início dessa jornada encantadora que é a maternidade. Vamos lá?

Roupas de bebê que você precisa ter no enxoval

 

Quando pensamos em comprar roupas de bebê para os primeiros meses de vida, precisamos dar uma atenção especial aos modelos que proporcionam mais conforto.

Afinal, o aconchego é uma das necessidades básicas da criança quando ela é pequena e passa boa parte do tempo deitada ou dormindo.

Por isso, algumas peças são essenciais para montar o enxoval do seu bebê. Conheça cada uma delas:

 

Bodies

 

Por permitir a segurança e a comodidade, o body é uma das roupas de bebê usadas por mais tempo ao longo do primeiro ano de vida da criança.

No inverno, é uma peça primordial para se colocar por baixo de outras roupas e garantir que o bebê se sinta aquecido e confortável.

Mas ao longo do verão, a prioridade é a compra de bodies com mangas curtas. Por ser uma época de calor, o bebê provavelmente usará essas peças sozinhas, então você pode abusar dos modelinhos estampados e cheios de vida!

O ideal é comprar inicialmente cerca de 10 unidades, balanceando de acordo com a estação. Se estiver frio, por exemplo, pode-se investir em dois ou três de manga curta e sete ou oito de manga longa.

Com essa quantidade, você consegue ter tranquilidade caso passe por apertos, como a fralda vazar ou o body sujar por algum outro motivo.

Culotes

 

Também conhecidos como mijões, os culotes são calças usadas por baixo dos macacões para ajudar a aquecer o bebê durante os dias mais frios.

Porém, por se tratarem de peças leves, no verão também podem ser utilizadas junto aos bodies, proporcionando uma combinação bonita e confortável.

Os modelos de culote podem vir com pezinhos ou não. A vantagem de investir nos que não possuem pezinhos é que demora mais a perder a peça, uma vez que você pode usar as meias como sapatinhos para segurar o mijão mesmo que ele esteja um pouco mais curto.

 

Macacões

 

Essa é outra peça importante para compor o guarda-roupa do seu bebê, por ser confortável, servir muito bem como pijama e ser excelente para passeios fora de casa.

As versões com e sem pezinhos são facilmente encontradas e é interessante investir em modelos tanto de mangas e pernas longas para o inverno quanto em alguns mais curtinhos para o verão.

Vale a pena comprar pelo menos seis unidades para cada estágio de crescimento do bebê, já que essa peça será usada com frequência ao longo dos primeiros meses.

Itens essenciais para o inverno

 

Alguns itens que compramos ao montar o enxoval são interessantes para se ter no verão, mas essenciais quando chega o tempo frio.

Os casaquinhos, por exemplo, fazem toda a diferença para manter a criança aquecida quando combinados com os macacões e bodies.

Só é preciso tomar alguns cuidados: se houver gorro ou outros detalhes, como botões, é necessário verificar se esses itens não vão machucar ou incomodar a criança.

O investimento em luvinhas e toucas também é ideal para bebês que nascem no inverno. Recém-nascidos já sentem mais frio normalmente, então é essencial se preocupar com esses pequenos itens que podem fazer toda a diferença para o aconchego do seu filho.

Já as meias são fundamentais para manter os pezinhos aquecidos junto às outras peças que listamos acima.

Você pode comprar pares de meias normais (não tantos, pois meias sujam menos que outras peças) e investir nos modelos tipo sapatilha, que não saem com tanta facilidade do pé.

Tão importante quanto o conforto das roupas de bebê, é verificar se as peças estão de acordo com a estação do ano e as necessidades da criança.

Lembre também que muitas dessas roupas você ganhará de presente ao longo da gestação, então tente evitar exageros na hora da compra para aproveitar ao máximo as peças.

Para as mamães que estão planejando o chá de bebê, vale a pena conferir o “Mamãe, eu quero”, nosso espaço feito especialmente para você criar a sua lista de presentes e adicionar os acessórios e roupas de bebê que o seu filho ou filha vai precisar!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *